terça-feira, 30 de outubro de 2012

III Rally da Azislot


No passado sábado, disputou-se o 3º rally da Azislot, começa a ser uma realidade o slot no Ribatejo, opção infeliz na escolha da data, por lapso não foi verificado que a mesma era coincidente com outras competições de rally, a rever no futuro.

Ora, desta feita a competição era com os "velhinhos" SCX, há muito esquecidos pelas organizações de rallyslot, entraram em cena o Grupo N (tracção integral) e os Clássicos, sendo a escala 1/24 disputada à noite com Clássicos e WRC.

Uma vez mais os habituais 4 troços, mesclando o piso de plástico, o ultimo troço de madeira faz uma alteração significativa no andamento e comportamento dos carros.

Um rally à medida da equipa Azislot, especialistas dos SCX, dominaram a seu belo prazer toda a competição, assim no Grupo N, o anfitrião José Serrão vence, o que aconteceu inesperadamente e pela 1ª vez, o seu Citroen C4 não seu chances à concorrência, José Raposo bem tentou, mas em vão, terminaria em 2º, enquanto que João Cavaco terminou em 3º.



Da nossa equipa, Rui Carriço sem carro suficiente para os seus adversários terminou em 4º lugar, tendo em conta o azar do 1º troço, foi ainda assim um belíssimo lugar, logo à frente da desilusão da tarde, Pedro Menezes e o seu Peugeot 206 que tão boa conta tinham dado de si nas preparações para o rally, ficaram apenas pelo 5º lugar.



Nota de destaque para a primeira participação nos rally's da Azislot de João Garrett, que mesmo há muito afastado da competição, andou razoavelmente bem.



Nos Clássicos invertia-se a tendência negativa de Pedro Menezes e ganha com algum à vontade, contudo João Cavaco desde o inicio que lutou para ser ele mesmo o vencedor, mas terminaria em 2º, à frente do José Serrão, sendo os 5 primeiros lugares ocupados pelos Ferrari 308 GTB.



Rui Carriço, termina em 5º, logo depois dos homens da casa, mas tinha algumas expectativas de conseguir outro resultado, mas as condições mecânicas do seu carro a não o permitirem, excessivas vibrações a impedirem outra performance.



A noite trouxe os "maiores", e aqui seria a única vez que os homens da casa não lograram a vitória, Rui Carriço em tarde e noite não muito felizes, conseguia mais uma vitória com o seu Citroen C4, podendo agradecer mais ao carro que à sua performance de pilotagem.


No 2º lugar ficou João Cavaco, que fez um excelente rally, deixando claro que em próximos aprontos será cada vez mais um candidato à vitória final, Pedro Menezes ocupava o ultimo lugar do Podium, o seu velhinho Peugeot 206 continua em boa forma.



Nos Clássicos, alguma surpresa na performance de Rui Carriço, o seu Ford RS 200 apresentou-se muito longe da performance que lhe é habitual, mas quando não se dá atenção aos carrinhos acontecem destas coisas.
Uma vez mais a surpresa a aparecer, José Serrão com pezinhos de lã, aparentemente fora da luta entre Rui Carriço, João Cavaco e Pedro Menezes, aparece em grande estilo com o seu Lancia Beta Montecarlo e arrasa a concorrência com uma vantagem muito confortável  deixando João Cavaco em 2º e Rui Carriço em 3º, fechando assim o Podium.



Destaque final para o modelo pilotado por João Garrett, um Fiat 695 Abarth!!!


2 comentários:

  1. Excelente resumo, muitos parabéns a todos, e qualquer dia também vou, tenho é que arranjar companhia, porque ir sozinho....... Ui ui ui€€€€€€€€€€€€

    ResponderEliminar